Blog
10 coisas que o médico não deve fazer nas redes sociais



Antes de fazer uma publicação nas redes sociais você, médico, fica em dúvida sobre o que é permitido? Posso postar foto com paciente? E publicar foto de antes e depois de algum procedimento? É permitido foto em centro cirúrgico? 

 

As redes sociais têm se tornado um importante canal de aproximação com potenciais pacientes, além de ser uma oportunidade de você se destacar entre os seus pares. O marketing médico tem ganhado cada vez mais destaque entre os médicos e você não deve ficar de fora.  

 

Mas é essencial seguir as recomendações do Manual de Publicidade Médica do Conselho Federal de Medicina para não correr o risco de sofrer uma punição. Quer saber mais?  

 

Então para ajudá-lo listamos a seguir 10 coisas que o médico não deve fazer nas redes sociais. 

 

1 – Não diga que você é o único/o melhor/o mais eficiente/o mais capacitado a realizar uma determinada técnica. 

 

 Não faça postagens sobre política. Esse é um assunto polêmico e pode lhe render haters (pessoas que por discordarem da sua opinião irão criticá-lo). 

  

3 – Não poste imagens de doenças, lesões, sangue e partes do corpo de pacientes em cirurgia. Isso pode causar repulsa no seu público e gerar repreensões do seu conselho de classe. 

 

 

4 - Teve um aborrecimento com algum estabelecimento comercial? Não faça reclamação usando o seu perfil profissional, pois essa questão se refere à pessoa física e os seus seguidores não precisam saber disso. 

 

5 – Não diga que é especialista em uma área se não possui título certificado para tal. De acordo com o CFM, é preciso ter o Registro de Qualificação de Especialista (RQE) para escrever na bio ter essa especialidade. 

 

6 – Não publique foto de paciente, seja ele famoso ou não, como forma de divulgar técnica, método ou resultado de tratamento, mesmo que ele tenha autorizado. O mesmo vale para repostar fotos que o paciente o marcou. 

 

7 - Não poste antes e depois de nenhum procedimento. Essa postagem é proibida pelo CFM. 

 

8 – Se você fuma, não poste fotos com cigarro. Evite também imagens com mesa repleta de bebida alcoólica. Se aprecia uma cerveja ou um vinho, não há problemas e postar, mas com moderação e bom senso. 

 

9 – Não informe preço de procedimento/consulta, formas de pagamento aceitas ou desconto, pois isso pode demonstrar que é um recurso para se diferenciar dos seus colegas. 

 

10 – Não faça consulta pelas redes sociais. Um seguidor fez alguma pergunta específica? Pode explicar aquele problema de forma genérica e oriente que é necessária uma avaliação do especialista para que possa fazer o diagnóstico e indicar o melhor tratamento.  

 

Você concorda que hoje em dia é vital estar presente nas redes sociais para não ficar defasado com relação aos seus colegas médicos? Estar presente na internet permite ainda que você se diferencie dos demais especialistas da sua área e divulgue o seu conhecimento a fim de atrair potenciais pacientes 

 

Se precisar de alguma ajuda no gerenciamento de suas redes sociais, entre em contato com a Vithal Comunicação. Somos uma agência especializada em marketing médico e temos como premissa orientar nossos clientes a seguir todas as recomendações do CFM.  

 

 



COMPARTILHE:


Veja também:

FALE CONOSCO
alinethomaz@vithal.com.br
+55 21 99846-1967
INSTAGRAM
Copyright © 2020 Direitos Reservados. Desenvolvido por Felipealves.com